como começa

Imagem

 

Pode ser que seja só um impulso sentimentalóide ou uma janela do que ainda vou viver. Talvez seja uma tentativa de seguir um velho conselho que deixei se perder nos tempos da terapia “se expresse, coloque pra fora o que tem aí”. Ou uma alternativa pra saudade, que já venho sentindo por antecipação. Sei por enquanto, que a inspiração vem de Paulo Leminski e o poeminha dele que carrego comigo desde os 16, quando li pela primeira vez: “Isso de querer ser, exatamente aquilo que a gente é, ainda vai nos levar além”. Depois de morar em cinco cidades diferentes em 25 anos, em novembro embarco para Dublin. A quem interessar possa, fica aqui um registro do que sou e do que essa experiência vai fazer de mim.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: